Sobre o curso

O Curso Superior de Tecnologia em Gerontologia tem como objetivo formar um profissional ético,  generalista e humanista, capaz de atuar de maneira crítica em suas áreas de atuação que contemplam desde a participação em grupos de saúde, sanitarismo e educação, equipes multiprofissionais junto a indústria farmacêutica e cosmética, gestão, educação, lazer e orientação em saúde e previsão de doenças em idosos e pesquisas na área de gerontologia para melhorar, adaptar e inovar os serviços de atenção ao idoso.
O Brasil tem hoje uma população de 28 milhões de pessoas acima de 60 anos, esse número tende a dobrar nas próximas décadas, de acordo com a projeção da população divulgada pelo IBGE no ano de 2018 (IBGE, 2018). Seguimos a tendência mundial de envelhecimento gradativo da população e pesquisas mais recentes apenas confirmam essa realidade.

Para que os idosos de hoje e do futuro possam ter qualidade de vida, é preciso garantir seus direitos. A Política Nacional do Idoso, sancionada em 1994 e o Estatuto do Idoso, regulamentado em 2003 preveem o acesso indiscriminado do idoso a itens básicos como saúde, trabalho, assistência social, educação, cultura, esporte, habitação e meios de transporte.

O Tecnólogo em Gerontologia, é o profissional necessário para o planejar o organizar projetos que preservem as garantias de bem-estar e qualidade de vida do idoso, além de entender e amenizar os problemas que atingem a população com o envelhecimento.
Associado ao envelhecimento populacional, o IBGE publicou um estudo no ano de 2020 explicitando o aumento da expectativa da vida da população brasileira em 31,1 anos. Esses dados demonstram a importância do planejamento no curto, médio e longo prazo na preparação para uma fase desafiadora da vida.
 

Diferenciais

É inegável à nossa realidade atual de que a população mundial está envelhecendo e que o mundo precisa se preparar para poder fornecer condições de saúde, sociais, de segurança e até mesmo de trabalho para a população idosa. É competência dos cientistas da gerontologia estudar, de forma interdisciplinar, todos os fenômenos que envolvem direta ou indiretamente o processo de envelhecimento.

No curso de Tecnólogo em Gerontologia, o aluno se preparará para ter uma visão global e interdisciplinar sobre o processo de envelhecer, estudando disciplinas como: aspectos biopsicossociais do envelhecimento, políticas públicas e políticas de atenção ao idoso, farmacologia e cosmetologia para o idoso, senescência e senilidade, acessibilidade e tecnologias assistivas para os idosos e reabilitação geriátrica. Conforme o curso evolui, é possível conseguir certificações intermediárias como: Gestão ética e segurança do paciente, empreendedorismo e desenvolvimento sustentável, gerontologia social e atenção integral ao idoso

O Brasil tem hoje uma população de 28 milhões de pessoas acima de 60 anos, esse número tende a dobrar nas próximas décadas, de acordo com a projeção da população divulgada pelo IBGE no ano de 2018 (IBGE, 2018), desta forma, o mercado de trabalho procurará cada vez mais profissionais capacitados para atuar com as especificidades da população idosa nos mais variados campos de atuação dentro da área da saúde, educação, terceiro setor, dentre outros. O Tecnólogo em Gerontologia, é o profissional necessário para o planejar o organizar projetos que preservem as garantias de bem-estar e qualidade de vida do idoso, além de entender e amenizar os problemas que atingem a população com o envelhecimento.
 

Grade curricular

Conheça as disciplinas do curso, separadas por pilares de conhecimento.

  • Modalidades:

É fácil se inscrever!
Escolha uma das opções abaixo: